quinta-feira, 16 de abril de 2009

TRACUNHAÉM POVO E POESIA

TRACUNHAÉM
Poesia de mestre zuza (hino)
Tracunhaém,
Tua origem panela de formiga,
A tua arte,teus santeiros,teus artesãos,
Tuas igrejas e a Serra do Trapuá
Linda e serena sempre serás.
És o centro da cerâmica nordestina,
Tens futuro e progresso tembém,
Tua requeza foi o teu povo quem te deu.
Terra amada pelos filhos teus.
Tracunhaém,
Teu povo, tua história e tua gente,
Tuas paisagens,teu clima será permanente.
Nos traz saudade, ao ver de perto o teu canavial.
Tua beleza será imortal.
És o centro da cerâmica nordestina....
Teus açudes,tuas matas,
Nas tuas noites de luar,
Ficavam acesos os velhos lampeões de gás,
Teus velhos tempos não verás jamais.
Trcaunhaém,
Humilde, cidade hospitaleira,
O Artesão, presente na tua bandeira.
A paz sublime,é teu emblema de muito amor,
Diogo Coelho Romero,
Foi teu ilustre fundador.
Autor:Mestre zuza'rt (1988)

Um comentário:

REGILENE disse...

LINDO AMEI,PARABÉNS.........